Solicite uma proposta

Nosso Blog

Melhore a Saúde Sem Sair de Casa

Categoria: Saúde

Os exercícios físicos não são importantes apenas para emagrecer e ter um belo corpo, eles também ajudam a melhorar sua saúde, seu corpo, e seu humor. Mas muitas vezes deixamos isso de lado porque não temos tempo ou dinheiro para se deslocar para uma academia, mas, saiba que você pode fazer exercícios em sua própria casa que vão te ajudar e te proporcionar ótimos resultados. Afinal, podemos usar uma teoria muito prática nesse caso, você tem duas opções, ou você inventa ou investe, ou inventa e faz exercícios em casa, utilizando coisas que estão ao seu alcance ou investe e vai até uma academia, mas aqui estamos falando em inventar, então vamos para algumas dicas.

AQUECIMENTOS: Fundamental antes de qualquer atividade física. Sem ele, suas chances de sofrer algum tipo de lesão aumentam consideravelmente, além de você não explorar todo o potencial dos seus músculos.

PULAR CORDA (AERÓBICO): Para quem não conta com bicicleta ou esteira, pular corda é uma ótima opção de exercício aeróbico. Em 15 minutos de atividade você perde 180 calorias (contra 140 da corrida). Este mesmo período equivale a 1 hora de caminhada. A corda fortalece os ossos e os membros inferiores (coxa, panturrilha). Inicie com 10 minutos de atividade e não se preocupe, o ritmo e coordenação vem com o tempo e a prática. Dicas na hora de pular corda: Opte por roupas confortáveis e que evitem o suor. Use tênis com amortecimento que suporte o impacto dos pulos, para evitar lesões nas articulações; Mantenha sempre o corpo reto, olhando para frente; Comece a pular com os dois pés e, na hora de aterrissar, faça isso com a parte da frente dos pés. Pule com as pernas estendidas e aterrisse com os joelhos dobrados.

PRANCHA NO SOLO (ABDÔMEN, LOMBAR, COSTAS E TRONCO): Trata-se de um exercício isométrico, direcionado para a musculatura profunda do tronco. Bem semelhante com a flexão. A diferença é a forma que você posicionará seus braços no chão, contraindo a musculatura abdominal em diferentes pontos. Durante sua a execução, o aluno permanece com o rosto voltado para o solo, posiciona o tronco, o quadril e as pernas fora do chão e mantêm as pontas dos pés e o antebraço em contato com o solo. O aluno deve manter o alinhamento da coluna e respirar durante todo o exercício. Para iniciar, 3 séries de 30 segundos com um intervalo de 1 minuto e meio entre elas.

AGACHAMENTO (COXA E GLÚTEOS): Exercício simples e funcional para ativar os membros inferiores. Basta flexionar os joelhos, jogando os braços para frente para manter o equilíbrio. Durante a descida, a coluna deve ficar sempre ereta e o movimento tem o limite até que sua perna realize um ângulo de 45 graus. Você pode intensificar a atividade colocando peso no movimento. Para começar, 3 séries de 20 repetições, com um intervalo de 2 minutos.

FLEXÃO DE BRAÇO (OMBROS, PEITORAL, BRAÇOS): Simples, as flexões são um exercício extremamente importante para o fortalecimento da zona dos ombros, peito e braços. Você pode começar a atividade com 3 séries de 10 movimentos cada e um intervalo de 2 minutos entre as séries. Para fazer esse exercício corretamente, seus braços devem estar alinhados com seu peitoral e abertos em uma posição que seus cotovelos dobrem aproximadamente até 90 graus. Os cotovelos são flexionados voltados para fora. A posição das mãos e o movimento dos cotovelos são importantes, pois se ambos estiverem fechados, a força principal passa para o tríceps, o que dificulta ainda mais o exercício. O exercício começa com uma flexão do cotovelo até que o peitoral chegue a dois dedos do chão e volte à posição inicial com a extensão do braço, mantendo o tronco firme, sem deixar o quadril cair. Dicas: Para os iniciantes e que ainda não conseguem fazer o movimento completo, pode apoiar os joelhos no chão; Sempre contraia o abdômen: é importante para evitar lesões na lombar; Descidas devem ser feitas devagar: quando estiver descendo no movimento mantenha a resistência.

ELEVAÇÃO LATERAL (OMBRO, TRAPÉZIO): Este exercício precisa ser feito com o auxílio de halteres (caso não possua, pegue um saco de arroz, ou quantos aguentar). Na posição em pé ereta, segure os halteres com os braços estendidos. Levante os braços para fora e para os lados do corpo, até que os halteres atinjam o nível dos ombros. Abaixe os halteres de volta para os quadris. Você pode fazer esse exercício utilizando apenas um braço de cada vez e estabilizando o torso com a mão livre. Você pode fazer a atividade com 3 séries de 10, em um intervalo de 1 minuto e meio.

 

Viu como é fácil, é só entrar em ação e tudo vai melhorar. Se falta dinheiro e não pode pagar uma academia, siga estes exercícios e temos certeza que resultados vão acontecer. Nossa empresa sempre preocupada com a qualidade de vida do nosso cliente, estamos buscando cada dia mais não apenas registrar seus momentos mas marcar definitivamente, estamos ao seu lado trazendo sempre informações novas e importantes.

Um abraço da equipe Rede VBSS!

Comente aqui!

Seu comentário é muito importante para nós. Separador